• Ana Stier

#Intercâmbio - Nova Zelândia




Hermanos e hermanas,


arrumem suas malas porque hoje nosso destino é Nova Zelândia, um dos países com a energia mais surreal que eu conheci e me apaixonei. E olha que nessa minha vida de viajante já tive a oportunidade de conhecer mais de 40 países hein!

Acontece que a Nova Zelândia superou minhas expectativas, eu já tinha ouvido falar muito sobre a natureza exuberante, as pessoas tão receptivas e de bem com a vida, a diversidade cultural, a beleza do país e principalmente a energia da ilha sul. Mas quando vivi isso tudo pessoalmente percebi que era muito mais do que eu imaginava.






A união de geleiras, montanhas e lagos da Ilha Sul me fez repensar em tudo o que já vi de mais bonito e quando achei que já visto uma natureza tão presente conheci a barreira de corais que também fica na ilha sul do país. Acho que nem consigo colocar em palavras o quão divino é aquele lugar. Pra vocês entenderem do que eu estou falando, a barreira de corais é a maior estrutura do mundo de organismos vivos, são quase 3 mil recifes distribuídos em 2 mil quilômetros de comprimento, conclusão: a barreira de corais pode ser vista até mesmo do espaço! Agora imagina ver isso de perto, estar ali tocando, mergulhando e vivenciando essa riqueza de Deus? Realmente faltam palavras para descrever.


Se seu chamado é ir à Nova Zelândia então embarca comigo nas principais informações que você precisa saber para ter uma experiência incrível como eu tive neste país. Mas antes quero dizer para vocês que tenho uma assessoria de intercâmbio com mentores capacitados e bem informados te esperando para tirar suas maiores dúvidas sobre sua viagem dos sonhos. Vou deixar no final do texto o link para você preencher o formulário e concorrer essa mentoria conosco.


A moeda da Nova Zelândia é o dólar neozelandês que hoje vale R$ 2,94. O custo de vida local para intercambistas é de aproximadamente NZ$250 por semana, considerando alimentação, acomodação, transporte e até lavanderia. É mais barato que Austrália. Mas isso pode variar muito de cidade para cidade, localização da sua hospedagem e estilo de vida de cada estudante. Essa média de custo de vida foi baseado na cidade de Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia onde optei em fazer meu intercâmbio e também onde escolhi uma das 20 melhores escolas de idioma do mundo.



Auckland




Considero uma das 20 melhores do mundo por várias razões. Localização central, ambiente mega agradável e confortável, 3 prédios históricos, professores comprometidos com o aprendizado dos alunos e altamente qualificados, máximo 14 alunos por turma. Qual é o seu objetivo em um curso de Inglês? Para fins universitários? Business? A escola que eu escolhi em Auckland oferece os mais diversos tipos de cursos que atendem suas necessidades. Cursos técnicos, foco nos testes mais populares da língua inglesa como Cambridge (PET, CAE, CPE e BEC) também estão entre os cursos oferecidos. Já são mais de 40 anos com excelente reputação a nível internacional.


Ainda não acabou. A escola também pode administrar sua hospedagem juntamente com seu curso de Inglês. Você escolhe: casa de família, residência universitária, apartamento mobiliado. Aliás, vocês já sabem que se eu puder indicar um tipo de acomodação sempre vou indicar homestay (casa de família), pois a imersão cultural é muito mais profunda sem contar o contato com o idioma e a amizade, claro, que levamos para a vida toda com nosso host family.


Ainda sobre as atividades da escola, passeios e imersões culturais pós-aula também estão entre eles. Como funciona? Existe uma programação diária que a própria unidade disponibiliza aos alunos dentro da cidade e também tem os passeios nos fins de semana nas cidades vizinhas. Eu fiz um passeio maravilhoso de helicóptero pelas montanhas de gelo e foi algo surreal. Passei por Queenstown que é um lugar mágico e me senti na cidade dos sonhos. Nova Zelândia é um lugar tão seguro que é comum ver pessoas dando carona para os trilheiros nas estradas e isso é maravilhoso porque podemos sentir como é viver seus costumes locais, fazer amizades, praticar o Inglês e aprender um pouco mais da cultura de uma forma totalmente diferente.


Passear pelas pequenas cidades vizinhas é perder o fôlego com as mais belas vistas, como disse no começo do texto, é a natureza presente em todos os lugares. E é por essas e tantas outras maravilhas que considero a Nova Zelândia dentro do meu top 3 dos melhores lugares que já conheci no mundo.


Queenstown




Em alguns passeios por cidades próximas à Auckland, o universo me conduziu até Queenstown, um dos lugares mais mágicos que já vi na minha vida. A cidade está localizada na Ilha Sul e às margens do lago Wakatipu. Envolta montanhas e vales contribuem para que o visual seja ainda mais exuberante.



No inverno a cidade se prepara para receber turistas do mundo inteiro para a prática de esqui. Mas não é só por esse motivo que a região é considerada a “capital da aventura”. Paraquedismo, golfe, passeio de barco a jato, passeios à cavalo, rafting, canyon swinging, bungee jump, agora entendo o título que a cidade leva. Eu optei em fazer um passeio nas vinícolas, provei comidas locais e vivenciei um pouco do dia a dia dos nativos. Isso sim é transformador não somente para nossa alma, mas para o aprendizado do idioma.


Aproveitei minha passagem por lá e conheci algumas escolas de idiomas que eu pudesse indicar para vocês, viajantes. Minha vontade não era somente que vocês fossem à região para turismo, mas também para se aprofundarem em uma experiência neste lugar que tem uma energia surreal. Até o clima da escola é diferente e para mim isso é reflexo de toda natureza que rodeia a unidade.


Da sala de aula os alunos podem desfrutar de uma das paisagens mais lindas da Nova Zelândia. Localizada no centro da cidade de Queenstown próxima à ponto de ônibus, mercados, restaurantes e correios. Atende uma média de 6 alunos por sala, programas voltados à estudo e trabalho, classificada na Categoria 1 pelo NZQA (Autoridade de Qualificações da Nova Zelândia) a escola que eu escolhi como uma das 20 melhores do mundo também foi considerada ensino “premium” e eu soube que em 1994 a escola ganhou este título por oferecer aulas de Inglês de primeira classe. Não é o máximo?!!


E tem mais, os cursos oferecidos são desde de Inglês intensivo para certificados até programas focados ao inglês com atividades como esqui e snowboard no inverno. Sem dúvida nenhuma é um intercâmbio com 0 defeitos, para ficar guardado para sempre na memória.


Sobre a documentação necessária para o visto vou deixar aqui os ítens para vocês, ok?


Estudos acima de 90 dias:


  • passaporte com validade de até 03 meses após término do curso

  • 01 foto 5x7 recente

  • formulário para solicitação de visto preenchido e assinado

  • carta de aceitação da escola

  • garantia de acomodação

  • cópia do recibo de pagamento integral do curso

  • cópia da passagem aérea ou printer da reserva

  • última folha do formulário, preenchida e assinada pelo pai e carimbada pelo banco ou carta original do banco onde o responsável pelo pagamento movimento conta, comprovando fundos suficientes para manutenção do dependente no exterior.


Para cursos com duração superior a 6 meses acrescentar:


  • resultado de exames médicos realizados com médicos credenciados do consulado

  • formulário (x-ray certificate - nzis 1096)

  • carta de recomendação (menores de 17 anos)

  • atestado de bons antecedentes (maiores de 17 anos)

  • visto concedido pelo vac em Washington


Espero MUITO que vocês possam conhecer a Nova Zelândia






Formulário para concorrer uma mentoria com a minha assessoria:

IR PARA FORMULÁRIO








  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Youtube Preto